terça-feira, 7 de fevereiro de 2012

A Presença Do Sol


Mais um dia começando os planos se renovando e como sempre, pensamos a seguinte frase “hoje vai ser uma dia diferente”, pode até serem atitudes diferentes, ações diferentes e clima diferente, mas será um dia igualzinho aos anteriores, não vai passar das horas programadas. Entretanto, tem algo que me chama muita a atenção no início e no fim do dia, e isso é o nascer e o pôr-do-sol, esse fenômeno retrata as nossas obras e nos faz enxergar se realmente agimos de acordo com nossos planos, principalmente em nossa vida espiritual com Deus.

Quando o sol começa a raiar, acordamos pra vida (literalmente), e vamos adiante ao nosso propósito, trabalhamos, estudamos, alimentamo-nos e com certeza não pode faltar o diálogo com as pessoas, estamos dispostos a não cometermos os mesmos erros de antes. O sol
brilha e estamos a todo vapor, perder tempo será apenas perca de tempo, atentando para o lucro, para as amizades, a família, e o conforto, tudo é lindo e a nossa alegria é o que mais importa. Os planos em relação ao cotidiano não podem falhar, e Deus está reservado para algum tempo, mas no momento certo estaremos cedendo esse tempo a Ele, não vamos ter pressa.

O meio-dia chega e o sol está brilhando mais forte do que nunca, e raramente esse período não será utilizado para outra ação a não ser para almoçar, divertir-se com os colegas, e alguns familiares que dispõe de tempo retornam para se alimentarem em casa, os problemas acumulados nas primeiras horas de serviço vai te preocupar até o momento do termino do seu almoço, e se damos uma voltinha na rua vamos sentir o sol tão forte que com certeza virá uma reclamação. Para alguns a hora do almoço será alegria e para outros vai manter o transtorno e persistir o problema. E ainda sim, você continua garantindo que vai tirar um tempinho para Deus.

O dia está se acabando, e sol vai se pondo vagarosamente. Então já estudamos, já trabalhamos, conversamos muito ou até mesmo ficamos atoa o dia todo. Os raios solares ficam fraquinhos, as estrelas começam a brilhar e a escuridão toma posse do horizonte. E ainda sim estamos ocupados, com alguma ação mais importante, algo melhor que dá um tempo a Deus. Ah, chegamos cansados em casa, agora o que eu mais preciso é de um bom banho e um descanso, afinal, o dia de amanhã vai ser muito difícil. Viu, eu disse que o dia seria a mesma coisa, nós com as mesmas promessas e Deus com suas belas e gloriosas ações, mesmo que nós não notamos.

Entretanto você não percebeu a presença de Deus no seu dia, você não notou que ele acordou com você, estava ao seu lado no trabalho, partilhou dos seus problemas, viu você se alegrar ao lado da sua família, e você sequer agradeceu. Nem uma palavrinha, com certeza muitas reclamações. Agora, o sol se foi, pelo menos por algumas horas, e se caso você não conseguiu utilizar um tempo para Deus durante o dia, a sua noite será somente para acabar com o stress que você acumulou no período diurno, ou então você irá procura-lo pois o único tempo que pode ceder a Ele é durante a noite, quando a escuridão está presente e sua visão não consegue ir muito longe, é somente por uma questão de orgulho.

Sei que para algumas pessoas é difícil ouvir (ou melhor, ler) isso, mas Deus não precisa de você para poder existir, olhe o sol, ele brilha independente de você levantar ou permanecer dormindo, o dia pode estar nublado e lá está o sol brilhando, nós não vemos, entretanto, temos certeza que ele está lá com toda a sua luminosidade. Deus está em todo lugar, mesmo que você não o veja. O sol brilha além da sua visão, e quando ele se põe para você que não conseguiu contempla-lo na vida diária, ele está iluminando pessoas que notam sua presença e sabem a importância de poderem ser tocados por seu calor, e aliás não são poucas pessoas que conseguem compreender isso.

 Somente a Deus Seja Toda a Gloria.

Um comentário: